“As feras”, de Roberto Arlt.

Roberto Arlt é mais um escritor argentino admirável. Não que seja mais um, mas porque   tanto Argentina quanto Uruguai, vizinhos queridos, têm uma literatura do século XX repleta de grandes nomes. Citar autores argentinos e uruguaios que me são caros seria tarefa deliciosa, mas isso iria prolongar o post

As feras ( Iluminuras)  é um volume de contos que nos traz arrepio e comoção, uma obra prima, enfim, por exaltar a literatura não só em sua dimensão narrativa, mas também em sua dimensão estética. A boa história contada com arte.

É sempre uma tarefa árdua falar sobre melhores textos de um determinado volume, mas,  aqui vão minhas dicas: comecem lendo o conto Ester Primavera. Depois leiam aquele que dá nome ao volume, As feras. O resto vai ser prazer, histórias primorosas de um dos mestres do século XX.

Abraços.

Dênisson Padilha Filho.

Anúncios